A pajelança na fronteira Amazonas-Pará

| 19/01/2015 às 15:21

RELACIONADAS

 

Comentários

  1. Maria Helena Molinari disse:

    Gostaria de receber mais material para pesquisa na área de diálogo inter-religioso pra trabalho de pesquisa de Teologia Pastoral e no âmbito da Psicologia no requisito da religião cristã e Medicina de Cura . Parabéns pelo documentário.Muito obrigado !

  2. Erik Miranda disse:

    Boa tarde Renan Albuquerque,
    Possuo verdadeiro interesse de conhecer e estudar a Pajelança Indígena e Cabocla e me aprofundar nos rituais de transe e êxtase por ser estudante de psicologia e religiões arcaicas e naturalistas. Também tenho interesse de estudar plantas de poder, especialmente Ayahuasca. Busco contatos de casas e tribos pra aprofundar minhas pesquisas e estudos. Gratidão pela atenção.

Deixe seu comentário

Leitores e leitoras, seus comentários são importantes para o debate livre e democrático sobre os temas publicados na agência Amazônia Real. Comunicamos, contudo, que as opiniões são de responsabilidade de vocês. Há moderação e não serão aprovados comentários com links externos ao site, ofensas pessoais, preconceituosas e racistas. Agradecemos.

Translate »