Eu fiz o Enem

| 28/10/2013 às 09:00

RELACIONADAS

 

Comentários

  1. Raquel disse:

    Prof. Sérgio, acredito que as cotas raciais também são necessárias, visto que a última pesquisa do Dieese demonstrou que os negros trabalhadores ganham 36% a menos do que os trabalhadores de outros grupos raciais. Além disso, os negros têm menos oportunidades de ascensão social e econômica, consequentemente, frequentam escolas piores. A melhoria da Educação Básica é um truísmo, como você mesmo falou, e se “Deus o livre” houver vontade política, mesmo assim, será uma transformação a longo prazo. Dessa forma, acredito que os brancos, magros e héteros deveriam cuidar da sua própria vida (e assumir seus privilégios) ao invés de se incomodar com a existência das cotas, pois em minha opinião elas são um “remédio” para sarar uma ferida histórica e muitas injustiças cotidianas de hoje.

  2. Priscila Vasques disse:

    Excelente iniciativa, professor Sérgio! E excelente artigo também! Sem dúvida, nossa educação básica requer amplas e profundas reformas que devem ser planejadas em longo prazo. Infelizmente a vaidade política de quem está à frente do País muitas vezes acaba sufocando as possibilidades de melhorias concretas ali, no dia a dia da sala de aula. Precisamos discutir essa questão mais amplamente, em todos os seus desdobramentos, com toda a sociedade. E cobrar…cobrar de quem escolhemos pra nos representar…ano que vem é tempo de reavaliarmos tudo isso e pensarmos com muita lucidez acerca das nossas escolhas políticas…

  3. Maria Elisabeth Bezerra disse:

    Muito bom o artigo! Um professor fazendo o enem e com essas ótimas observações.

  4. Raquel disse:

    Parabéns pelo texto, professor! Muita verdade nele! Também fiz o Enem como forma de enriquecer minha existência! Ah, na minha sala os fiscais também escreveram do mesmo jeito! Uma candidata os corrigiu! rs .. um abraço!

  5. Ivany Souza da Silva disse:

    Sérgio, estou encantada com este artigo.
    Abre margem para uma ampla e necessária discussão de todos os envolvidos nesse processo.
    Beijos

Deixe seu comentário

Leitores e leitoras, seus comentários são importantes para o debate livre e democrático sobre os temas publicados na agência Amazônia Real. Comunicamos, contudo, que as opiniões são de responsabilidade de vocês. Há moderação e não serão aprovados comentários com links externos ao site, ofensas pessoais, preconceituosas e racistas. Agradecemos.

Translate »