Índios Tenharim sob ameaça em Humaitá – Segunda Parte

| 07/07/2014 às 10:40

RELACIONADAS

 

Comentários

  1. 121 CP disse:

    Blá Blá Blá! Há muito tempo sabe-se que os índios não são pessoas menos favorecidas, são pessoas espertas, que de quase tudo se safam. Há legislação especial que os protege. Sabendo disso, índios querem dinheiro e mais dinheiro e mais dinheiro e ainda mais dinheiro. Ou será que já se esqueceram de todos os conflitos envolvendo pedágios irregulares montados por índios? As inúmeras exigências solicitadas por eles, muitas vezes milhonárias, para aceitar algum acordo? Cito o trecho da reportagem:

    “O jornal Valor Econômico teve acesso aos pedidos apresentados à empresa e apresentou uma extensa lista. Caminhonetes Amarok, Hilux, L 200, F 4.000, caminhões, carros de passeio, ônibus, motos, barcos, contas gordas no banco e pelo menos 1,3 mil cabeças de gado – sendo 500 da raça Nelore – são alguns dos pedidos.”

    Estes não são pedidos de quem não entende, que está à margem da sociedade, de quem é explorado, de quem é subdesenvolvido, de quem é coitadinho…

    A verdade é que estes índios são muito espertos e sabem que nada vai acontecer com eles, tanto que ceifaram a vida de três pessoas enquanto transitavam, sim, apenas transitavam, em um carro por mera vingança. Esconderam os corpos e foram dormir. Sabe-se que a morte dos 3 foi de forma violenta, sem chance de defesa.

Deixe seu comentário

Leitores e leitoras, seus comentários são importantes para o debate livre e democrático sobre os temas publicados na agência Amazônia Real. Comunicamos, contudo, que as opiniões são de responsabilidade de vocês. Há moderação e não serão aprovados comentários com links externos ao site, ofensas pessoais, preconceituosas e racistas. Agradecemos.

Translate »