Pesquisador brasileiro conta como sua pesquisa sobre jambu ficou inviável por patente dos Estados Unidos

| 11/07/2018 às 13:21

RELACIONADAS

 

Comentários

  1. Jorge Souza disse:

    Muito legal e oportuna a matéria. Faltou contudo tratar de outro aspecto relacionado a questão das patentes: o conhecimento tradicional associado, pois o próprio pesquisador afirma que “ribeirinhos e índios… usam as flores do jambu como anestésicos em casos de dor de dente”

Deixe seu comentário

Leitores e leitoras, seus comentários são importantes para o debate livre e democrático sobre os temas publicados na agência Amazônia Real. Comunicamos, contudo, que as opiniões são de responsabilidade de vocês. Há moderação e não serão aprovados comentários com links externos ao site, ofensas pessoais, preconceituosas e racistas. Agradecemos.

Translate »