Procuradora diz que MPF fará o possível para garantir território aos Pankararu  

| 28/09/2018 às 17:33

RELACIONADAS

 

Comentários

  1. Juraci Gomes de Menezes disse:

    A principio, sei que meu comentário, não será publicado. Porque esse site, só publica os comentários de apoio e nunca de desacordo. Mas mesmo assim, vou postar, para que os seus dirigentes, saibam a verdade. E não apenas, as informações passadas pelos descendentes distante do índios Panakararu. Primeiro a informação de que as indenizações estão depositadas, não é VERDADE. VARIAS PESSOAS FORAM AO BANCO PARA RECEBER, E NÃO HAVIA DINHEIRO NA CONTA. Segunda coisa, a polícia chegou quebrando a porta da casa do líder dos moradores. Não encontrado o líder, levou, uma moça e um rapaz, achando que se tratava dos filho dele. Foram atirando bombas de gás lacrimogênio e balas de borracha até em pessoas idosas. Mas como no sertão não tem obediências às leis de respeito às pessoas, o que prevalece é a TRUCULÊNCIA dos policiais. Por se tratar de gente muito simples, eles agem como se fossem autoridade máxima.Quem está sofrendo violência, são os moradores daquelas comunidades, que tem que sair de suas casa sem receber as indenizações e sem ter para onde ir. A senhora procuradora e o próprio juiz, acha mais fácil, pressionar os moradores, que são a parte mais fraca, do que pressionar o PODER PUBLICO. No caso a FUNAI e o INCRA, para providenciar terra para esse povo morar e trabalhar.

Deixe seu comentário

Leitores e leitoras, seus comentários são importantes para o debate livre e democrático sobre os temas publicados na agência Amazônia Real. Comunicamos, contudo, que as opiniões são de responsabilidade de vocês. Há moderação e não serão aprovados comentários com links externos ao site, ofensas pessoais, preconceituosas e racistas. Agradecemos.

Translate »