Balbina

As barragens já existentes mostram um triste histórico de impactos sobre os povos tradicionais. A hidrelétrica de Tucuruí, que barrou o rio Tocantins, no Pará, em 1984, inundou parte da terra indígena Parakanã, e uma faixa adicional foi perdida devido à mudança de lugar do trecho da rodovia Transamazônica que foi inundado pelo reservatório, levando […]

14/07/2020 17:18

Os contorcionismos conceituais [1] praticados para não nominar convencionalmente os reservatórios das chamadas Usinas a fio d’água na Amazônia desconsideram deliberadamente prognósticos técnicos sobre os efeitos de sedimentação e de remanso. A mitologia cientificizada de que os trechos a montante dessas hidrelétricas diferenciadas se transformariam em um “pool” com vazões hídricas e dinâmicas sedimentológicas muito […]

21/07/2019 23:46

As barragens amazônicas brasileiras têm antecedentes notoriamente pobres como exemplos de decisões racionais na construção de infraestrutura e de governança antes, durante e depois das barragens serem construídas. Barragens iniciadas durante a ditadura militar (1964-1985), tais como Tucuruí [1-3], Balbina [4, 5] e Samuel [6], fornecem exemplos que são altamente relevantes ainda hoje. Estudos ambientais […]

27/06/2019 02:24

“Justiça ambiental” refere-se principalmente a impactos ambientais desiguais sobre grupos humanos com base em diferenças como raça, etnia e renda. As definições, tanto das porções do termo referentes aos conceitos de “justiça” como de “ambiente”, são variadas e continuamente em evolução [1-3]. Represas amazônicas claramente cabem em qualquer definição de justiça ambiental. Estas barragens afetam, […]

11/06/2019 18:51

Carregar mais