Fátima Guedes

Autor

Fátima Guedes é educadora popular e pesquisadora de conhecimentos tradicionais da Amazônia. Graduada em Letras pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), tem especialização em Estudos Latino-Americanos pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) em parceria com a Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF) em Guararema (SP). Foi fundadora da Associação de Mulheres de Parintins, da Articulação Parintins Cidadã, da TEIA de Educação Ambiental e Interação em Agrofloresta e Militante da Marcha Mundial das Mulheres, e da Articulação Nacional de Educação Popular em Saúde. Autora das obras literárias, Ensaio de Rebeldia e Algemas Silenciadas.

Chama que me chama, acende esta chama Desperta quem dorme Sobre as cinzas da selva (Ensaios de Rebeldia – 2002) A motivação dos rascunhos fluíra do testemunho de Maíra Araújo Florêncio, jovem amazonense, graduada em Ciências Biológicas: Não tenho dúvidas, centelhas de sabedorias ancestrais iluminam o redirecionamento da minha vida.  Na madrugada de janeiro, de 1991, sob […]

14:00

Estaremos em Marcha até que todas sejamos livres. (Marcha Mundial das Mulheres) Aos vinte e cinco de novembro de 1960, há sessenta anos, as irmãs Mirabal – Pátria, Maria Teresa e Minerva (“Las Mariposas”) foram torturadas e assassinadas a mando do ditador Rafael Trujillo, da República Dominicana, em represália à luta daquelas militantes por Justiça […]

04/12/2020 18:17

“[…] A ditadura e o oprimido O prometido e não cumprido E o programa do Partido Tudo vira bosta”. (Rita Lee) Feiras e mercados são espaços por excelência de expressividades culturais: da livre comunicação à variação de produtos. A inspiração sobre o objeto figurativo destes rascunhos fluíra justo na Feira do Produtor, em Parintins/AM. Papo […]

16/10/2020 16:32

Mulheres tecem resistência com palavras, cores e formas. O tempo histórico parece estagnado. Em sua rotineira indiferença, o estado institucional com suas iniquidades segue impotente para um interagir dialógico e socialmente transformador. Atrelados à tal virulência, cartéis patriarcais, em processo abusivo, miram categorias periféricas vulnerabilizadas; estas, por sua vez, reagem teimosamente por variados caminhos com […]

07/07/2020 17:28