Lúcio Flávio Pinto

Autor

Lúcio Flávio Pinto é jornalista desde 1966. Sociólogo formado pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo, em 1973. Editor do Jornal Pessoal, publicação alternativa que circula em Belém (PA) desde 1987. Autor de mais de 20 livros sobre a Amazônia, entre eles, Guerra Amazônica, Jornalismo na linha de tiro e Contra o Poder. Por seu trabalho em defesa da verdade e contra as injustiças sociais, recebeu em Roma, em 1997, o prêmio Colombe d’oro per La Pace. Em 2005 recebeu o prêmio anual do Comittee for Jornalists Protection (CPJ), em Nova York, pela defesa da Amazônia e dos direitos humanos. Lúcio Flávio é o único jornalista brasileiro eleito entre os 100 heróis da liberdade de imprensa, pela organização internacional Repórteres Sem Fronteiras em 2014. Acesse o novo site do jornalista aqui www.lucioflaviopinto.com.

As estradas de integração física ao restante do país têm sido o fato mais traumático na história da Amazônia contemporânea. Elas avançam sobre as áreas mais altas da região de súbito, trazendo consigo alguns dos fluxos migratórios mais intensos da história brasileira. Não há uma preparação para um contato mais harmonioso e mais bem informado […]

15:44

Em 1981 foi divulgado o primeiro relatório de pesquisa do Programa de Monitoramento da Cobertura Florestal do Brasil, realizado em conjunto pela Sudam (Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia) e o IBDF (Instituto Brasileiro do Desenvolvimento Florestal, antecessor do Ibama). O levantamento tomou por base imagens do satélite americano Landsat, que cobria toda a Amazônia a […]

21/09/2021 18:27

A atual crise de energia do Brasil, que ameaça se tornar a pior de todos os tempos, surpreendeu, alertou e alarmou a opinião pública sobre o desempenho neste momento da hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, no Pará, a maior inteiramente nacional. A usina está gerando apenas 2,2% da sua capacidade, ou 244 megawatts […]

10/09/2021 13:39

Se algum dia houve sentido em incluir o Centro-Oeste na Amazônia, esse motivo deixou de existir. Cada vez mais os Estados amazônicos limítrofes de Mato Grosso e Tocantins (sem incluir o Maranhão, que é Meio-Norte e Meio-Nordeste) se parecem ao Centro-Oeste, o que significa a sua descaracterização como região realmente amazônica. Por diversos critérios geográficos […]

06/09/2021 17:11