×

Philip M. Fearnside

Povos indígenas têm direitos às terras onde vivem e a manter as suas culturas, e esses direitos são protegidos por convenções internacionais e por leis brasileiras. Esses direitos são a razão para proteger esses povos e as suas terras. Ao mesmo tempo, as terras indígenas tem um papel grande na manutenção da floresta amazônica e […]

19/06/2024 13:37

Reciclagem de água A região Trans-Purus é essencial para a reciclagem de água pela floresta amazônica. Cerca da metade da chuva que cai sobre a floresta é devolvida ao ár em forma de vapor d’água, gerando chuva nas regiões para onde os ventos levam este vapor (e.g., [1-4]). Cerca da metade da água que é […]

06/06/2024 07:27

A região Trans-Purus, inclusive na rota da planejada rodovia AM-366, é o local do maior área no país de florestas públicas não destinadas, conhecidas como “terras devolutas” (Figura 10). Esta é a categoria de terra que é mais procurada por grileiros [1-4]. As florestas públicas não destinadas estão sendo invadidas, desmatadas e queimadas na BR-319 […]

29/05/2024 12:42

A BR-319 não está separada das estradas vicinais planejadas que trariam desmatadores para região Trans-Purus – a vasta área florestal a oeste da rodovia e do Rio Purus que corre paralelo à rodovia. A restrição da consideração dos impactos à área ao lado da própria rodovia BR-319 é a maior falha do EIA/RIMA e do […]

22/05/2024 17:25

A BR-319 tem enormes impactos ambientais além da estreita faixa de terra ao longo da própria estrada, a qual o EIA e quase toda a discussão política estão limitados. A omissão dos impactos mais amplos do projeto rodoviário é, certamente, a maior deficiência do processo de licenciamento até agora. A limitação da consideração à beira […]

14/05/2024 12:48

Os benefícios sociais da pavimentação da BR-319 têm sido muito exagerados tanto no discurso político quanto na imaginação dos beneficiários. Com exceção dos povos Indígenas, a grande maioria das pessoas que se encontram na área ao longo do percurso da rodovia são apoiantes entusiásticos do projeto de reconstrução e esperam que a estrada lhes traga […]

08/05/2024 09:14

A maior parte da discussão sobre a proposta de reconstrução da rodovia BR-319 (Manaus-Porto Velho) tem sido sobre o o “trecho do meio” da rodovia entre km 250 e km 655,7. As marcas de quilômetros na rodovia representam distâncias ao sul de Manaus. No entanto, um trecho de 72,2 km da rodovia conhecido como “Lote […]

30/04/2024 11:16

A inviabilidade econômica da BR-319 é mostrada pelas duas análises existentes. Um estudo por Leonardo Fleck [1] mostrou que os benefícios economicos seriam apenas um terço do custo previsto, mesmo ignorando o valor de muitos dos impactos ambientais, inclusive todos que não sejam ao longo da rodovia em si, além de todos os impactos sociais. […]

23/04/2024 14:06

As suspensões de segurança são um vestígio da ditadura militar brasileira que ainda está em vigor. Esse mecanismo foi decretado inicialmente em 1964, permitindo que um juiz anulasse qualquer decisão judicial “para evitar grave lesão à ordem, à saúde, à segurança e à economia públicas” [1]. Isto permite que qualquer decisão que paralisaria um projeto […]

17/04/2024 07:30

Em 31 de março de 2024, o 60º aniversário do golpe que instalou a ditadura militar no Brasil de 1964-1985 estimulou a reflexão sobre essa era sombria e suas consequências hoje, apesar do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter proibido agências do governo federal de realizar quaisquer eventos oficiais para esse fim [1]. O […]

08/04/2024 19:56

Por Jerfferson L. Santos, Aurora M. Yanai, Paulo M. L. A. Graça, Francis W. S. Correia e Philip M. Fearnside Os resultados apresentados neste estudo refletem a contribuição das estradas para o avanço da fronteira agrícola no estado brasileiro do Amazonas, apesar das limitações dos modelos ambientais em representar a complexidade da dinâmica do desmatamento […]

28/03/2024 08:00

Por Jerfferson L. Santos, Aurora M. Yanai, Paulo M. L. A. Graça, Francis W. S. Correia e Philip M. Fearnside Desmatamento Simulado Embora o método considere valores de índice de similaridade acima de 50% suficientes para validar o modelo, o que significa que a quantidade de mudança corretamente prevista é maior que a soma dos […]

21/03/2024 17:48

Por Jerfferson L. Santos, Aurora M. Yanai, Paulo M. L. A. Graça, Francis W. S. Correia e Philip M. Fearnside Validação A validação comparou o mapa de desmatamento simulado de 2021 com o desmatamento de 2021 obtido pelo mapeamento do PRODES em 2021, que é considerado referência para o desmatamento observado. Este método considera os […]

13/03/2024 15:45

Por Jerfferson L. Santos, Aurora M. Yanai, Paulo M. L. A. Graça, Francis W. S. Correia e Philip M. Fearnside A abordagem atual considera as tendências de expansão da ocupação territorial por diferentes grupos locais com base na dinâmica do desmatamento histórico da Amazônia (Business as Usual, ou BAU), que reflete dinâmicas de ocupação e […]

06/03/2024 15:42