Economia e Negócios

Cimento Nassau dá calote de 26 milhões de reais

Amazonia Real Por Vanessa Rocha Publicado em: 27/07/2021 às 08:31
Cimento Nassau dá calote de 26 milhões de reais
Citações
"Nunca faltei um dia de trabalho, e me orgulho disso. Infelizmente hoje estamos devendo bancos, porque precisávamos viver de cheques especiais”, disse o aposentado Eduardo Silva de Souza, que aguarda uma indenização trabalhista da empresa Cimento Nassau
Local de Cobertura
Vanessa
Vanessa Rocha

Vanessa Rocha é jornalista amazonense, bacharel pela Faculdade Martha Falcão e pós-graduada em Jornalismo Digital pela Universidade Cândido Mendes. Como freelancer, escreve sobre cultura, comportamento e sociedade, com publicações no Amazônia Real e no site da Elástica. Atualmente escreve para o Jornal O Fluminense, no Rio de Janeiro, e faz parte do time de comunicação da Base dos Dados. @vandernessas

3 Comentários

  1. Manoel Teixeira da Silva Neto disse:

    Também sou ex funcionário do grupo João Santos, já ganhei a causar trabalhista mas não vir a cor do dinheiro por que a nossa justiça e muito fraca os donos e sócios tem dinheiro e muito, já teve operação da polícia federal, receita federal, MPT e procuradores da fazenda Nacional, mas ninguém recebeu nada até agora, o que é que falta para pagar se não quer prender os donos prende os laranjas que o dinheiro aparece rapidinho agora se deixar todos solto não vai ter e nada porque no Brasil cadeia só para pobre, e os diretos que não existem não são cumpridos e isso mesmo ou eu tô errado.

  2. Aluisio de assuncao aragao disse:

    Triste é apelido é currupçao mesmo que ta afastando o direito trabalhista da honestidade. Eu tou de pleno acordo uma investigaçao profunda dessa empresa nassau e dos embargadores que sao contra os trabalhadores algo disso por fora me chama atencao que tem currupçao.

  3. Waldemir Costa da Rocha disse:

    Muito triste a situação dos ex-funcionários da empresa Nassau!

Deixe o seu comentário!

Prezados leitores e leitoras da Amazônia Real, o espaço de comentário do site é para sugestões, elogios, observações e críticas. É um espaço democrático e de livre acesso. No entanto, a Amazônia Real se reserva o direito de não aprovar comentários de conteúdo preconceituoso, racista, sexista, homofóbico, com discurso de ódio e nem com links de outros sites. Muito obrigada.

RELACIONADAS