Política

Dilma e Leila, vítimas da violência, são homenageadas no Pará

Amazonia Real Por Erika Morhy Publicado em: 01/04/2021 às 14:12
Dilma e Leila, vítimas da violência, são homenageadas no Pará
Citações
"Mulheres com três, quatro filhos, ficam em casa, se submetem à violência, porque não têm para onde ir. Não é o caso da Leila. Ela sempre foi autônoma, trabalhou, montou coisas próprias", disse Léo Arruda, irmão de Leila, vítima de feminicídio pelo ex-marido.
Local de Cobertura
Erika
Erika Morhy

É paraense, graduada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, e bacharel em Psicologia. Atuou como assessora de comunicação em instituições de ensino e pesquisa na Amazônia, como Universidade Federal do Pará (UFPA) e Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), e organizações não-governamentais, como a Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos (SDDH). Assinou reportagens em veículos de circulação nacional, como correspondente na Argentina, a exemplo da Rede Brasil Atual e Caros Amigos, além de ter colaborado com agências de notícias alinhadas aos direitos humanos, como a Carta Maior.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Prezados leitores e leitoras da Amazônia Real, o espaço de comentário do site é para sugestões, elogios, observações e críticas. É um espaço democrático e de livre acesso. No entanto, a Amazônia Real se reserva o direito de não aprovar comentários de conteúdo preconceituoso, racista, sexista, homofóbico, com discurso de ódio e nem com links de outros sites. Muito obrigada.

RELACIONADAS