EIA/Rima

Lucas Ferrante, Maryane B.T. Andrade e Philip M. Fearnside Um dos argumentos políticos para a pavimentação da BR-319 é que a rodovia melhoraria o acesso às fiscalizações e, assim, coibiria as infrações ambientais, mas mostramos que o efeito contrário é mais provável: maior tráfego é responsável por invasão de terras e desmatamento. Isso já é […]

21/09/2021 19:46

Lucas Ferrante, Maryane B.T. Andrade & Philip M. Fearnside A grilagem de terras na rodovia BR-319 e falta geral de governança naquela “terra sem lei” foram documentadas em um trabalho publicado em 27 de maio na prestigiada revista Land Use Policy, assim possibilitando a sua divulgação na Amazônia Real. Esta série traz uma tradução em […]

26/07/2021 18:09

  PHILIP M. FEARNSIDE Dentre os impactos da hidrelétrica de São Luiz do Tapajós é o deslocamento dos indígenas Munduruku que tradicionalmente habitam as margens do Rio Tapajós. O EIA [1] enfatiza uma lei da ditadura militar: “Oportuno ressaltar que a União poderá intervir em área indígena para a realização de obras públicas que interessem […]

08/08/2016 18:57

Carregar mais