Corte de verbas no orçamento de Temer ameaça índios isolados da Amazônia

| 29/10/2016 às 14:01

RELACIONADAS

 

Comentários

  1. Estava ali num canto apoiada…
    De cócoras, a velha e sábia índia olhava as máquinas
    Que numa agonia desenfreada deixavam arrasada uma floresta inteira
    Nesta ânsia em busca do nada, os motores engoliam de lufada
    Ao som de uma canção sem amor
    Árvores milenares e os segredos tribais que a velha não revelou
    Os animais em fuga, massacrados, guardavam ensandecidos
    A última cena impressa no derradeiro olhar dos esquecidos
    De cócoras, a velha e sábia índia olhava…
    Não implorava…
    Nenhum som regurgitava.
    Os senhores da terra chegaram…Finalmente!
    Eram maiores que os deuses de antigamente:
    – Mais violentos – Mais covardes – Mais cruéis!
    A velha e sábia índia cansada…
    Deitou-se sobre a terra violentada!
    Por esta terra foi tragada…
    E assim…
    …Esse DESERTO nasceu!

Deixe seu comentário

Leitores e leitoras, seus comentários são importantes para o debate livre e democrático sobre os temas publicados na agência Amazônia Real. Comunicamos, contudo, que as opiniões são de responsabilidade de vocês. Há moderação e não serão aprovados comentários com links externos ao site, ofensas pessoais, preconceituosas e racistas. Agradecemos.

Translate »