Mulheres transformam sonho em renda na ilha de Cotijuba, no Pará

| 11/10/2017 às 16:13

RELACIONADAS

 

Comentários

  1. Maria das Graças de Figueiredo Costa disse:

    A reportagem é fantástica. Parabéns para Maria Fernanda Ribeiro. Conheço o MMIB e sua história e a reportagem ajuda muito a enfatizar o protagonismo delas. Gostaria demais de uma segunda possibilidade de tomar como base da economia feminista os quintais produtivos das mulheres. Vi que tem experiência nesse sentido. E a questão da agroecologia, dos novos mercados sociais como as feiras promovidas pelas mulheres pode ser um novo espaço de atuação.

Deixe seu comentário

Leitores e leitoras, seus comentários são importantes para o debate livre e democrático sobre os temas publicados na agência Amazônia Real. Comunicamos, contudo, que as opiniões são de responsabilidade de vocês. Há moderação e não serão aprovados comentários com links externos ao site, ofensas pessoais, preconceituosas e racistas. Agradecemos.

Translate »