Philip M. Fearnside

Os subsídios assumem muitas formas, além dos notórios incentivos fiscais que subsidiaram maciçamente grandes fazendas de gado nas décadas de 1970 e 1980. Empréstimos a juros baixos são fornecidos para atores de vários tamanhos, incluindo pequenos agricultores. Um grande subsídio que muitas vezes não é reconhecido resulta de “anistias” periódicas, perdoando dívidas de agricultores grandes […]

18/02/2021 16:44

A fiscalização e a punição do desmatamento ilegal são partes importantes de qualquer esforço de controle do processo, pois a falta dessa forma de ação fomenta o pressuposto da impunidade, com consequências de longo alcance. Capacidades de monitoramento são importantes para esses esforços, e o advento do programa DETER em 2004 forneceu uma ferramenta essencial […]

08/02/2021 15:45

A empresa responsável pela barragem de Belo Monte afirmou em uma carta ao New York Times que a empresa respeita os povos indígenas, o meio ambiente e as convenções internacionais. O povo indígena Arara contesta as reivindicações da empresa e apontam uma série de promessas não cumpridas. A barragem de Belo Monte é notória por […]

02/02/2021 13:18

Por Philip Fearnside, Maryane Andrade & Lucas Ferrante O prefeito de Manaus, David Almeida, culpou ambientalistas pela falta de oxigênio na cidade, sugerindo que a causa da atual crise é a má condição da rodovia BR-319 (Manaus-Porto Velho), cuja reconstrução ainda não foi licenciada [1]. É um triste início para a nova administração de Manaus. […]

18/01/2021 21:22

A floresta pode ser convertida em não floresta (ou seja, desmatada) por degradação extrema ao invés de corte raso. A degradação está se tornando cada vez mais prevalente na Amazônia brasileira e não foi afetada pelas forças que diminuíram as taxas de desmatamento entre 2004 e 2012 [1]. A extração de madeira é um fator […]

12/01/2021 20:24

O aumento da população tem um efeito significativo no desmatamento da Amazônia brasileira [1]. No entanto, interpretar o relacionamento é mais complicado do que se possa imaginar. Estudos que examinam unidades políticas como países, estados ou municípios, ou unidades geográficas arbitrárias, como células de grade, encontrarão resultados sobre mudanças populacionais e taxa de desmatamento que […]

28/12/2020 13:30

A produção de gado (distinto de motivos ocultos para pecuária) está se tornando mais proeminente na mistura de motivos de desmatamento na Amazônia. Este é um comportamento que segue a lógica econômica tradicional, onde os atores desmatam para obter lucros com a venda de produtos da agricultura e da pecuária (e.g, [1-4]). A conservação da […]

22/12/2020 10:31

Lucas Ferrante e Philip Martin Fearnside Esta semana foi publicada na prestigiosa revista Die Erde (“A Terra”, em Alemão) a versão em Inglês do seguinte texto sobre a situação atual na Amazônia brasileira (disponível aqui). Die Erde é publicada (sob diferentes nomes) pela Sociedade Geográfica de Berlim desde 1828, e é uma das revistas profissionais […]

16/12/2020 14:40

A soja tem sido uma grande força do desmatamento em Mato Grosso, com avanços mais recentes em algumas partes do Pará, principalmente na área de Santarém [1-3]. Os chineses tiveram um papel fundamental na conversão da floresta e do cerrado, principalmente pelo efeito das suas importações [4, 5]. O dinheiro das exportações para China, além […]

07/12/2020 16:27

As estradas são o motor mais poderoso do desmatamento [1-5]. A construção ou melhoria de uma estrada aumenta a migração para a área de acesso, aumenta a lucratividade da agricultura e da pecuária e aumenta muito o valor da terra, com consequente desmatamento especulativo e rotatividade de proprietários de terra em favor de atores mais […]

30/11/2020 15:23

Dinheiro de fontes como tráfico de drogas, roubo de carga de caminhões, corrupção governamental e renda não declarada às autoridades fiscais podem ser investidos no desmatamento amazônico com risco mínimo. Se os mesmos recursos fossem investidos na bolsa de valores ou em imóveis urbanos, a inconsistência com a receita declarada logo seria descoberta pelo fisco. […]

23/11/2020 17:18

Incentivos fiscais Nas décadas de 1970 e 1980, os incentivos fiscais oferecidos pelo governo brasileiro foram um dos principais fatores que motivaram o desmatamento por grandes pecuaristas [1, 2]. Os incentivos incluíam o direito de investir em fazendas amazônicas aprovadas o dinheiro que as empresas, de outra forma, pagariam como imposto sobre os lucros das […]

16/11/2020 19:14

Compreender as causas do declínio das taxas de desmatamento entre 2005 e 2012 é essencial para as lições de política que podem ser extraídas dessa experiência [1,2]. O governo brasileiro repetiu inúmeras vezes que essa queda é resultado da ação governamental de fiscalizar e multar quem desmata ilegalmente. No entanto, embora o declínio represente a […]

09/11/2020 16:34

De 1988 a 1991, o desmatamento caiu pela metade na época do aprofundamento da recessão econômica sob o então presidente Fernando Collor, culminando em 1990 com o governo decretando um “empréstimo compulsório”, se apropriando dos saldos das contas bancárias da população, assim tornando recursos indisponíveis para investimento em desmatamento (entre outros efeitos). O desmatamento aumentou […]

03/11/2020 16:45

As taxas de desmatamento na Amazônia brasileira têm variado amplamente ao longo das décadas desde o início da construção da Rodovia Transamazônica (BR-230) em 1970, dando início à era “moderna” do desmatamento. Entre 1978 (o ano das imagens para o primeiro levantamento do satélite LANDSAT) e 1988 (o próximo levantamento completo), o desmatamento foi em […]

26/10/2020 20:05