Povos Indígenas

Ufam cancela cotas para alunos indígenas e negros da pós-graduação

Por Elaíze Farias Publicado em: 13/10/2014 às 14:12 Atualizado em: 17/10/2014 as 23:28
Ufam cancela cotas para alunos indígenas e negros da pós-graduação
Elaize
Elaíze Farias

Cofundadora da Agência Amazônia Real e editora de conteúdo. É jornalista há mais de 20 anos. Atuou como repórter em jornais de Manaus como A Crítica, Diário do Amazonas e Amazonas em Tempo. Especializou-se na produção de reportagens sobre temas socioambientais na Amazônia com enfoque em povos indígenas e povos tradicionais, direitos territoriais, direitos humanos, emergência climática, desmatamento, biodiversidade, entre outros. Possui três premiações: Prêmio Imprensa Embratel, dado à matéria “Cheia do Século”; Prêmio Onça-Pintada de Jornalismo e Prêmio Fapeam de Jornalismo Científico, os dois últimos concedidos a uma reportagem especial sobre o sauim-de-coleira, primata endêmico de Manaus ameaçado de extinção. Foi assessora de imprensa da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab). É jornalista formada pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). ([email protected]/[email protected])

3 Comentários

  1. Avatar Gregue amaral disse:

    Ninguém é melhor e nem pior que ninguém, todos temos as mesmas capacidades.

    • Avatar Juarez Silva disse:

      Gregue, você está partindo de uma visão muito comum e totalmente equivocada sobre Ações Afirmativas/Cotas, isso não tem nada a ver com “capacidade” mas sim com oportunidades… a discussão do tema no Brasil é antiga (tem mais de 10 anos) mas seria bom se informar melhor e em fontes avalizadas… nada de imprensa reacionária e papos neocons ou de senso comum…

Deixe o seu comentário!

Prezados leitores e leitoras da Amazônia Real, o espaço de comentário do site é para sugestões, elogios, observações e críticas. É um espaço democrático e de livre acesso. No entanto, a Amazônia Real se reserva o direito de não aprovar comentários de conteúdo preconceituoso, racista, sexista, homofóbico, com discurso de ódio e nem com links de outros sites. Muito obrigada.


Abrir chat
1
Olá!
Em que podemos lhe ajudar?