Povos Indígenas

Aldevan Baniwa, que denunciou a falta de testes para Covid-19, morre em UTI de Manaus

Por Izabel Santos Publicado em: 19/04/2020 às 21:10
Aldevan Baniwa, que denunciou a falta de testes para Covid-19, morre em UTI de Manaus
Izabel
Izabel Santos

É graduada em Jornalismo pela Faculdade Martha Falcão, de Manaus (AM). Tem mais de dez anos de atuação na cobertura de política e meio ambiente. Trabalhou no Jornal Amazonas Em Tempo; no Portal Amazônia, foi coordenadora de jornalismo na rádio CBN Amazônia e coordenadora de jornalismo no canal televisivo Amazon Sat. Foi indicada ao Prêmio Milton Cordeiro de Jornalismo em 2014, na categoria Internet, pela série de reportagens "Balbina, hidrelétrica da contradição". Foi a jornalista responsável pelas ações de divulgação científica da segunda fase do INCT Adapta, projeto científico sediado no Inpa que investiga o impacto das mudanças climáticas nos organismos aquáticos da Amazônia. ([email protected])

5 Comentários

  1. Deviam citar o nome da médica que fez o comentário infeliz sobre a questão dos atestados pra que todos saibam de quem se trata. Ética zero! Respeito zero, pelos pacientes!!

  2. Avatar Rosana Simas disse:

    As pessoas estão morrendo pq o primeiro atendimento esta deixando a desejar… nos ignoram e só nos atendem decentemente quando veem que o caso ja esta maos qie grave…ai nao há mais solução.

  3. Avatar Jair da Silva Garcia disse:

    continuaremos na luta pelos povos indígenas
    #forabolsonaro

  4. Avatar Iracema Cavalcante Marques dos Santos disse:

    Não consigo me conformar, com total descaso por parte do governo Wilson Lima. A saúde no Amazona esta em colapso total.

  5. Avatar Daniel Amaro corrrea disse:

    Todas as pessoas que procuram um atendimento aqui em manaus são atendidos para pegar passagem para a morte querem saber porque: para pegar dinheiro da saúde e vocês já sabem pra que: meia palavra basta os bolsos estão cheios

Deixe o seu comentário!

Prezados leitores e leitoras da Amazônia Real, o espaço de comentário do site é para sugestões, elogios, observações e críticas. É um espaço democrático e de livre acesso. No entanto, a Amazônia Real se reserva o direito de não aprovar comentários de conteúdo preconceituoso, racista, sexista, homofóbico, com discurso de ódio e nem com links de outros sites. Muito obrigada.