×
Povos Indígenas

Gravuras do rio Negro foram ateliês de antigos povos amazônicos

Amazonia Real Por Elaíze Farias Publicado em: 24/10/2023 às 11:18
Citações

“A gente viu bastante essas figuras. Essas unidades talvez formassem um ambiente, um ateliê ou oficina de produção de peças líticas. Um dado interessante é que estão muito bem esféricos, matematicamente são bem calibradas”


Carlos Augusto da Silva


 

Arqueólogo

Elaíze
Elaíze Farias

Cofundadora da Agência Amazônia Real e editora de conteúdo. É referência em reportagens sobre povos originários, populações tradicionais, denúncias de violações de direitos territoriais e direitos humanos, violências socioambientais e impactos de grandes obras na natureza e nas populações amazônicas. Entre as premiações recebidas, está o Prêmio Imprensa Embratel. Em 2021, foi homenageada no 16º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo, da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), junto com Kátia Brasil, também fundadora da Amazônia Real. Em 2022, recebeu o Prêmio Especial Vladimir Herzog. É jornalista formada pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

3 Comentários

  1. Douglas Welter Soares disse:

    Só falta agora os gringos dizerem que o rio Amazonas e as rochas antigas que os professores brasileiros encontraram
    são deles …

  2. Adilson Maciel Dantas disse:

    Tenho um visto um grande fluxo de pessoas no local, meros curiosos que vão para fazer selfies e postar nas redes sociais. E estão, mesmo sem saber, prejudicando o estudo do sítio arqueológico, retirando objetos dos locais sem o menor cuidado, manuseando peças de forma indevida… na próxima seca não terá mais nada para ser visto, porque isso virou uma atração turística que não tem o devido acompanhamento do poder público.

  3. Walney Freitas de Figueiredo disse:

    Sou um Geógrafo turma 2000 Ufam, estou ao lado do professor Carlos, sou um filhos Maragua do Rio abacaxis Nova Olinda do Norte, quando tenho essa oportunidade de visitar sítios de nossos ancestrais fico feliz sabendo informações milenares por ser lidas por outras etnias, recomendo também uma atenção para o Rio mutuca dos nossos pesquisadores para a recente contratação de estacas por nossos nativo no evento Cabanagem

Deixe o seu comentário!

Prezados leitores e leitoras da Amazônia Real, o espaço de comentário do site é para sugestões, elogios, observações e críticas. É um espaço democrático e de livre acesso. No entanto, a Amazônia Real se reserva o direito de não aprovar comentários de conteúdo preconceituoso, racista, sexista, homofóbico, com discurso de ódio e nem com links de outros sites. Muito obrigada.