Juarez Silva Jr.

Monteiro Lopes: o dezembro de nascimento e morte de um amigo do Amazonas

Amazonia Real Por Juarez Silva Jr Publicado em: 13/12/2018 às 19:12
Monteiro Lopes: o dezembro de nascimento e morte de um amigo do Amazonas
Juarez
Juarez Silva Jr

Juarez Silva Jr. é um ativista, escrevinhador digital e apaixonado pela Amazônia, radicado em Manaus desde 1991. Tem graduação em Processamento de Dados pela Universidade de Taubaté, em São Paulo. Trabalhou e lecionou diretamente na área de tecnologia da informação por duas décadas, migrando para a área de Educação a Distância na qual é especialista pela Universidade Católica de Brasília. Também é Mestre em História pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Atua nos movimentos de negritude e é estudioso da temática e história das relações raciais e cultura afrobrasileira e africana, movimentos sociais e Direitos Humanos. Foi conselheiro estadual de Direitos Humanos e é servidor público de carreira. Escreve sobre tecnologia, história, relações raciais, atualidades, sociedade e cultura.

2 Comentários

  1. Aristoteles Guilliod de Miranda disse:

    Prezado, sou medico e pesquisador em História da Medicina no Pará, com ênfase na antiga Faculdade de Medicina e Cirurgia do Pará, já tendo produzido um livro sobre a fundação e os primeiros tempos da instituição, em parceria com outro colega medico, Jose Maria de Castro Abreu Jr. Nas nossas pesquisas deparamos com Roberto Monteiro Lopes Guimaraes, filho de Fortunato Roberto Guimarães e Maria Julia Monteiro Lopes Guimarães. Roberto, formado em medicina, em 1927, pela Faculdade do Pará, é o primeiro medico negro formado pela Faculdade e sobre o qual tenho pesquisado a fim de escrever um artigo fazendo justiça ao protagonista. Gostaria de saber se você pode me ajudar, caso tenha material bio-bibliográfico que possa ser disponibilizado.
    Atenciosamente,
    Aristoteles Guilliod de Miranda crm-PA 2509
    cel/whatapp (91) 99986-1289
    email [email protected]

  2. Wellington Amaral Antonio disse:

    Muito bom saber que por de trás desse fabuloso processo para beneficiar a classe trabalhadora. Tinha visões de um Negro.
    Estou muito orgulhoso por lê essas informações.

Deixe o seu comentário!

Prezados leitores e leitoras da Amazônia Real, o espaço de comentário do site é para sugestões, elogios, observações e críticas. É um espaço democrático e de livre acesso. No entanto, a Amazônia Real se reserva o direito de não aprovar comentários de conteúdo preconceituoso, racista, sexista, homofóbico, com discurso de ódio e nem com links de outros sites. Muito obrigada.