Povos Indígenas

Morre de Covid-19 o guerreiro Aruká Juma

Por Luciene Kaxinawá Publicado em: 17/02/2021 às 19:09
Morre de Covid-19 o guerreiro Aruká Juma
Luciene
Luciene Kaxinawá

É indígena do povo Huni Kuin (povo verdadeiro) da etnia Kaxinawá, que vive na região do norte do Brasil e na fronteira com o Peru. Jornalista desde 2014, iniciou na profissão aos 18 anos como repórter em um canal temático da região Norte. Em sua trajetória, além de repórter, Luciene passou pela produção de conteúdo, edição de imagens e também chegou a ser apresentadora e supervisora de imagem em uma emissora afiliada à Rede Globo em Rondônia. Em 2020 foi correspondente na Amazônia pela CNN Brasil e colaborou com a revista VOGUE Brasil em uma edição especial sobre Amazônia.

3 Comentários

  1. Avatar Antonio Passaty disse:

    Precisamos de mais profissionais como @lucieneKaxinawá e de agência s como @amazoniareal . Importante matéria como denúncia. Necessária sua divulgação inclusive em órgãos internacionais.

  2. Avatar TANIA MARIA DA SILVA BEZERRA disse:

    Gostei muito de conhecer a história do último remanescente do povo Juma, apesar de ser tão triste testemunho do desrespeito dos governos brasileiros com os povos originários, notadamente o desgoverno atual. Mantenho a esperança de que tempos melhores hão de vir para nosso sofrido povo.

  3. Avatar Hans Schweigert disse:

    Tristeza e revolta! Fantástico o registro que o vídeo traz. Parabéns!

Deixe o seu comentário!

Prezados leitores e leitoras da Amazônia Real, o espaço de comentário do site é para sugestões, elogios, observações e críticas. É um espaço democrático e de livre acesso. No entanto, a Amazônia Real se reserva o direito de não aprovar comentários de conteúdo preconceituoso, racista, sexista, homofóbico, com discurso de ódio e nem com links de outros sites. Muito obrigada.