Um vírus e duas guerras

Justiça do Amazonas não julga feminicídios na pandemia

Por Nicoly Ambrosio Publicado em: 14/03/2021 às 19:15
Justiça do Amazonas não julga feminicídios na pandemia
Citações
Esta reportagem relata que o Tribunal de Justiça do Amazonas não está julgando os processos de feminicídios. Ao menos cinco processos estão parados, o que aumenta o sofrimento de famílias pela impunidade nos casos.

Enquanto o TJ não julga, o Supremo Tribunal Federal (STF) reuniu o Pleno para referendar a decisão do ministro Dias Toffoli, que julgou inconstitucional a tese da legítima defesa da honra por contrariar os princípios constitucionais da dignidade da pessoa humana, da proteção à vida e da igualdade de gênero. A ação, ajuizada pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), foi uma vitória para a mulheres brasileiras e luta feminista.
Local de Cobertura
Nicoly
Nicoly Ambrosio

É estudante de jornalismo na Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e fotógrafa residente na cidade de Manaus. Tem interesse em cultura, arte e política. Integra o projeto de Treinamento no Jornalismo Independente e Investigativo da Amazônia Real de 2020.. ([email protected])

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Prezados leitores e leitoras da Amazônia Real, o espaço de comentário do site é para sugestões, elogios, observações e críticas. É um espaço democrático e de livre acesso. No entanto, a Amazônia Real se reserva o direito de não aprovar comentários de conteúdo preconceituoso, racista, sexista, homofóbico, com discurso de ódio e nem com links de outros sites. Muito obrigada.